sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Apenas irei


Eu queria que você tivesse me beijado quando teve a oportunidade e, principalmente, quando quis. Lembra daquele dia nublado, a cidade totalmente deserta e nós dois conversando na rua? Te confesso que fingi que estava com medo de andar sozinha só para você dizer que me acompanharia naquela caminhada de dez minutos. A conversa fluindo e eu, como sempre, falando pelos cotovelos, coisa que só acontece quando me sinto à vontade com alguém. E me sinto extremamente à vontade com você...
Você devia ter me abraçado mais vezes durante essa semana. Não somente em momentos de despedida, mas sempre que quisesse. Porque teu cheiro é inebriante, tuas mãos percorrendo minhas costas me arrepiam, tua boca perto do meu ouvido me deixa com as pernas bambas e meus sentidos apenas querem mais de você. Querem tudo de você.
Você devia me chamar mais vezes para conversar. Apenas qualquer assunto que surgir, desde questões sobre "a vida, o universo e tudo mais", até "por que eu odeio salto alto?", simplesmente não me importa qual assunto abordemos, só quero ter o prazer de uma conversa civilizada com alguém que me agrada ouvir a voz.

Você não devia resistir aos seus sentimentos. Porque eu sei o quanto você deseja estar comigo e descobrir diversas coisas sobre tudo. E sei disso porque me sinto da mesma maneira, a diferença é que não quero resistir. Só estou esperando você me dizer uma única palavra e, então, eu apenas irei.