domingo, 21 de maio de 2017

A época em que ficamos juntas


Ontem eu descobri que você se apaixonou por mim na época em que ficamos juntas. Eu também estava me apaixonando, só tinha medo de admitir isso. Você conhecia as dificuldades da época, os medos que nos cercavam e as novidade que encontramos no meio do caminho. Tudo o que sentimos era algo sensacional de se viver, mas era proibido. Pelo menos, naqueles tempos. Será que hoje estaríamos dispostas a viver novamente a mesma paixão adolescente? Porque, meu bem, sei que nos amamos e sei que essa paixão louca nunca morreu. Ela só se manteve escondida dentro de nós durante todos esses anos, esperando o momento certo de ser despertada. Nossos beijos escondidos sempre foram a prova disso: pequenos lampejos de liberdade, a ínfima saciedade de tudo o que poderíamos ter vivido, reduzidos a pequenos encontros de lábios que necessitam ser beijados. Até hoje quero continuar te beijando... Perdoe-me por aquela época, meu bem, eu realmente não quis te machucar. Hoje eu não quero te machucar. Nem nunca mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário